Domingo, 30 de Abril de 2006

Filmes 2006 - Hostel


HOSTEL

Hoje vou falar-vos de Hostel, um filme muito, muito forte que não recomendo de forma alguma a pessoas mais sensíveis e nem mesmo a pessoas fracas de estômago. Apesar de já ter visto muitas opiniões em relação ao filme, uns dizendo que gostava, outros nem por isso, eu gostei do filme. À sua estranha maneira, Hostel contém 95 minutos de boa "diversão".

Realizado por Eli Roth, o mesmo criador de A Cabana do Medo, que ainda não tive a oportunidade de ver, este filme conta com a preciosa assinatura de um realizador que admiro muito, mais pelo seu trabalho em Kill Bill. Trata-se de Quentin Tarantino e confesso que inicialmente fui com a ideia de ver Hostel, mais por causa do Quentin. A verdade é que depois mudei de ideias. Este Hostel esta muito bem feito, muito bem contado e é assustador. Tem cenas de levar ao vómito (que horror!), por isso volto a informar, Hostel não é aconselhado a pessoas fracas de estômago.

A história anda em torno de três jovens de férias que estão a visitar algumas cidades europeias. Eles são Paxton (Jay Hernandez) Josh (Derek Richardson), ambos americanos e ainda Oli (Eythor Gudjonsson), um islandês que se junta aos dois amigos para divertirem-se pelas cidades europeias. Josh é dos três o mais calmo e aquele que tenciona conhecer museus. Mas o que Paxton e Oli pretendem nessas férias, é sexo, muito sexo com mulheres bonitas. Por isso é em Amesterdão, que ao conhecerem um jovem, eles resolvem por momentos adiar a sua visita a Barcelona e passarem por Bratislava, onde segundo esse novo amigo, lá conseguirão encontrar sexo rápido e fácil. Eu fico a pensar, o que fazem esses jovens pelo sexo?! Mas coitados, pelo sexo esses três amigos irão arrepender-se.

Já em Bratislava eles instalam-se num "hostel" muito estranho. Com muita gente jovem e de várias nacionalidades. Ali eles comprovam aquilo que lhes tinham dito. Na pequena cidade eles conseguem mesmo ter aquilo que querem para divertirem-se, pois até os quartos são mistos entre homens e mulheres. Felizes da vida, eles conhecem raparigas, tem os seus momentos de loucuras, sexo e ainda algo mais... algo que não passaria na cabeça de ninguém que estaria a passar férias e que o objectivo principal seriam passar bons momentos.
Hostel A verdade é que o filme tem um longo momento onde apenas mostra os desejos dos três jovens, e só no final da meia hora é que vem o principal. Mas o filme todo, mostra o horror em geral. E uma das cenas que deixou-me bastante arrepiado, sem nem mesmo haver sangue, foi quando na viagem de Amesterdão para Bratislava eles encontram-se com um estranho homem, com um diálogo ainda mais estranho, falando do prazer de comer carne e de comer com as mãos. Uma cena excelente, onde logo ai apercebemo-nos do destino de cada um deles.

Com berbequins, serras eléctricas, machados e tantos outros utensílios de tortura a mistura, os três amigos que procuravam prazer irão depois perceber que eles é que irão dar prazer a pessoas macabras que por muito dinheiro, pagam a uma sociedade ainda mais macabra, para poderem torturar e matar jovens como eles. Enfim, já se prevê então como será o fim das férias e das vidas deles.

Hostel é um bom filme. Não é nenhuma obra prima mas deve ser apreciada pelos amantes do género. O triste deste filme, é saber que infelizmente filmes desses acontecem na vida real e isso torna o filme ainda mais assustador. Algumas dessas histórias reais estão relatadas no site do filme. Mas não vamos pensar nisso...

Riccardo às 14:55
# | | ver comentários (5)

Posters da Semana


Movie Poster

Riccardo às 00:17
# |
Sábado, 29 de Abril de 2006

Filmes 2006 - Infiltrados


Infiltrados

Este novo filme de Spike Lee é sem dúvida alguma, uma obra-prima e na minha opinião é o melhor filme do realizador. Tem uma história muito bem contada de um estranho assalto a um banco e conta com a presença de grandes artistas. Tudo no filme esta verdadeiramente excelente, por isso recomendo uma da ao cinema.

Inside Man conta a história de Dalton Russel (Clive Owen), um inteligente assaltante, que organiza (muito bem organizado) um assalto a um banco. Mas quando falamos em assalto, presume-se que os assaltantes vão ao banco para roubar o dinheiro. Neste filme, isso não acontece! Dalton e seus parceiros, que quase nunca sabemos na verdade quem são, entram no banco e fazem de reféns todos os empregados e clientes que encontram-se no interior do edifício. O detective contratado para dialogar com o assaltante é Keith Frazier (Denzel Washington), que irá fazer de tudo para que esta história termine da melhor forma, apesar das suas atitudes não serem apoiadas pelos seus superiores.

No meio de todo esse assalto, por intermédio do dono do banco (Christopher Plummer), surge Madeline White (Jodie Foster). Ela pretende negociar com o criminoso e parece esconder as suas verdadeiras intenções. Isto porque na verdade, para além do muito dinheiro que o banco tem, do qual os assaltantes não dão a mínima importância, o banco tem ainda algo muito mais valioso que só o dono do banco tem conhecimento. E se isso for do conhecimento público, sérios problemas trará para o dono. Por isso entra a negociadora, que por um preço alto irá tentar limpar a imagem do grande homem do banco. O desempenho da Jodie Foster, apesar de pequeno é como em todos os trabalhos em que ela participa deslumbrante. Os dois protagonistas estão também muito bem no filme, mas não podemo-nos esquecer de outros actores, como Willem Dafoe e Chiwetel Ejiofor que também brilharam neste thriller fantástico. A banda sonora do filme, muito original, dá um ritmo alucinante ao filme.

Não sei mais o que dizer sobre este Infiltrados. Apenas digo-vos que se querem passar um bom momento vejam este filme pois vale mesmo a pena!

Riccardo às 23:15
# | | ver comentários (2)

1º Artigo do Escrever e Ver Cinema


Vários Posters

Olá a todos, o meu nome é Riccardo Fornasari e sou o responsável deste novo Blog de nome Escrever e Ver Cinema. A partir de hoje este blog irá fazer parte da imensa comunidade da Blogosfera e espero muito sinceramente que este blog comece a fazer parte das visitas regulares, de quem tal como eu, é viciado em cinema.

Sei que já existem muitos e bons blogs dedicados a sétima arte e por isso tenho a perfeita noção de que não vai ser fácil conquistar lugar por aqui. Mas mesmo assim irei tentar! Sou inexperiente nessas coisas de Blog, mas gosto imenso de fazer, experimentar e mostrar coisas novas. Da minha parte, fica a promessa de que irei tentar sempre ser inovador escrevendo e mostrando tudo o que esta relacionado com a magia do cinema.

Porquê Escrever e Ver Cinema? Porque são duas das minhas paixões. Se há coisa que eu gosto é mesmo escrever, idealizar histórias e coloca-las no papel. Gosto imenso de criar guiões para filmes, séries ou até mesmo novelas. Pode ser até que um dia apresento em primeira mão uma das minhas criações, porque não?? Neste blog irei aproveitar para escrever, escrever tudo aquilo que me vem na alma mas, sempre com o Cinema como tema principal. Outras das minhas grandes paixões é ver cinema. Sempre que posso (e felizmente são muitas vezes), vou ao cinema. Vou ver o que há de novo e vou divertir-me, ou melhor, vou viajar, porque o cinema tem este poder. O poder de viajar pelo universo e sermos aquilo que quisermos. Assim, para além de escrever irei fazer com que vejam aquilo que eu vejo... trailers dos filmes, posters, imagens, etc.

Como qualquer blog, para "sobrevivermos" é preciso a colaboração da vossa parte. Por isso, humildemente irei pedir-vos para comentar sempre que possível um artigo novo do blog. Nós agradecemos!

Para qualquer sugestão, opinião, crítica, comentário haverá sempre um e-mail disponível. Usem e abusem do e-mail evcine@sapo.pt e enviem-me aquilo que quiserem.

Espero que gostem deste meu blog e espero ainda mais, que ele venha futuramente a constar na vossa lista de links a visitar com regularidade.

Vemo-nos por ai?! Então até já...

Riccardo às 13:14
# | | ver comentários (5)

Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Nome: Riccardo Fornasari
Idade: 25 anos
Adoro... Escrever
Sou viciado em... Cinema
Meu e-mail é... evcine@sapo.pt

Se querem saber mais sobre mim podem sempre enviar e-mails com as vossas questões, sugestões ou comentários...

Trailer e FotoCine - The ...

Filmes de 2006 - O Código...

Filmes de 2006 - X-Men: O...

Estreias da Semana [de 25...

Clip - Entrevista com as ...

Trailer - X-Men, O Confro...

Curiosidades - X-Men O Co...

Clip - TV Spots sobre o X...

Clip - 7 minutos inéditos...

Poster - X-Men (parte 2)

Curiosidades - Os primeir...

Globos de Ouro (à Portugu...

Clip - X-Men (Logan and J...

Curiosidades - O Código D...

Poster / FotoCine / Trail...

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

clip

curioso

dvd

escrever

estreias

filmes 2006

fotos

incrivel

livros

noticias

poster

premios

top

trailer

x-men

todas as tags